terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Quadradinhos de Limão com Leite Condensado


Após imensos pedidos do meu marido para repetir este bolo, decidi fazê-lo de maneira diferente... As receitas são as mesmas do Bolo de Limão com Cobertura Leite Condensado com Limão mas utilizei uma forma quadrada para fazer o bolo e depois cortei em quadradinhos! Espero que gostem... 





quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Buttercream de Chocolate

Receita Buttercream de Chocolate
receita adaptada da Wilton  

Ingredientes:
  • 125g de manteiga
  • 3/4 chav. de chocolate em pó
  • 1 colh. chá de essência de baunilha
  • 4 chav. açúcar de confeiteiro
  • 3-4 colh. sopa de leite

Preparação:
Numa tigela, bata a manteiga, adicione o cacau e a baunilha. 


Aos poucos, adicione o açúcar, uma chávena de cada vez, batendo bem em velocidade média. Raspe os lados e fundo da tigela com frequência.
 

Quando todo o açúcar for misturado a cobertura vai parecer seca. 

Adicione o leite e bata em velocidade média até ficar leve e fofo.

Dicas: 
Mantenha tigela coberta com um pano húmido até o momento de usar.  

Para melhor resultados, mantenha tigela no frigorífico quando não em uso. 
Refrigerada em um recipiente hermético, esta cobertura pode ser armazenada até 2 semanas. Bater antes de usar.

Buttercream (Creme de Manteiga)


Buttercream (creme de manteiga) é uma cobertura de bolos muito popular que consiste, basicamente, na junção de manteiga e açúcar. Algumas receitas também incluem claras de ovo, leite, natas e essências .

Receita de Buttercream 
receita adaptada da Wilton

Ingredientes:
  • 250g de manteiga com sal
  • 1 colh. chá de essência de baunilha
  • 4 chav. açúcar de confeiteiro
  • 3 - 4 colh. sopa de leite

Preparação:
Numa tigela, bata a manteiga, adicione a baunilha e aos poucos adicione o açúcar, uma chávena de cada vez, batendo bem em velocidade média. 


Raspe os lados e fundo da tigela com frequência.
 

Quando todo o açúcar for misturado a cobertura vai parecer seca. 

Adicione o leite e bata em velocidade média até ficar leve e fofo.

Dicas: 
Mantenha tigela coberta com um pano húmido até o momento de usar. 
Para melhor resultados, mantenha tigela no frigorífico quando não em uso. 
Refrigerada em um recipiente hermético, esta cobertura pode ser armazenada até 2 semanas. Bater antes de usar.

Opções:
Pode adicionar corantes da cor que preferir e também mudar essência do sabor que preferir.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Amido de Milho (Cornflour)

Amido de milho (corn starch ou cornflour) é o nome que se dá à farinha feita do milho, e usada na culinária como substituto da farinha de trigo ou para o preparo de cremes, como espessante. Usa-se quer para engrossar molhos, fazer sopas, cremes, pudins e até papinhas para bebé!

O amido de milho é um hidrato de carbono extraído dos grãos de milho. É isento de glúten e não tem sabor nem cheiro. Apresenta-se como um pó fino, suave e de cor branca.

Por norma chamamos o Amido de Milho pelo nome de uma marca famosa desde a nossa infância e da qual comemos imensas papas, estou a falar da vulgar Maizena que é, nada mais nada menos, uma das muitas marcas de Amido de Milho à venda em Portugal.


O amido de milho tem muitas vantagens na sua utilização, tais como:
  • Dá uma consistência aveludada a molhos e cremes, sem alterar o sabor dos alimentos;
  • Dissolve-se facilmente em líquidos frios, uma vez que só absorve líquidos quando cozinhado;
  • Tem a capacidade de engrossar molhos cerca de 2 vezes superior ao da farinha de trigo. A quantidade utilizada deve ser por isso cerca de metade da de farinha de trigo;
  • Tem uma cozedura muito mais rápida do que a farinha de trigo, levando cerca de 1 minuto a cozer em lume médio.

Para utilizá-lo deve ser sempre dissolvido num líquido frio e durante a cozedura deverá ser continuamente mexido, suavemente, com uma colher. Não é aconselhável usar temperaturas muito altas para a cozedura quando incorporado em molhos, tal como, congelar molhos ou outros alimentos a que se adicionou o amido de milho, pois perdem o aspeto aveludado.

O amido de milho é um ingrediente fortemente usado na fabricação de alimentos, um dos ingredientes mais usados no setor alimentício de, biscoitos, cereais matinais, massas pré-cozidas e outros, pois tem como características produzir efeitos apreciados pelo consumidor, tais como crocância ou grande expansão.

Também é utilizado nas industrias de papel e papelão, no artesanato e em colas.

sábado, 19 de janeiro de 2013

Meu Bolo de Aniversário

E chegou o dia tão temido, o 30º aniversário!! Eu andava a evitar esta sexta-feira... Não acredito que já tenho 30 anos... o tempo passa... E como estava um pouco deprimida por causa deste dia, embirrei que não queria fazer bolo, sim... porque não ia ser a fazer para o meu próprio dia... nem pensar...

Então a minha querida prima Marisa e a maluca da minha amiga Ângela fizeram um bolo pra mim ás escondidas, que queridas... que eu só soube mesmo à ultima que foram elas!!

Estava delicioso, adorei a surpresa!! Obrigada meninas e a toda a gente que sabia da conspiração :-)) Vocês são demais...malucas... E também adorei as prendinhas...obrigada a todos...



quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Bolo de Maçã com Canela



Resolvi fazer um bolo com uma das combinações que mais gosto, maçã e canela... o cheirinho que ficou na cozinha depois de feito...divinal...

Receita de Bolo de Maçã com Canela

Ingredientes:
  • 1 ½ chav. de açúcar
  • 2 chav. de farinha
  • ½ chav. de óleo
  • 4 ovos
  • 1 colh. de sopa de fermento
  • 3 maçãs
  • 1 colh. sopa de açúcar
  • 1 colh. sopa de canela

Preparação: 
Pré-aqueça o forno a 180ºC, unte e peneire uma forma redonda de buraco no meio.

Descasque e corte aos cubos as maçãs, polvilhe com 1 colher de sopa de açúcar e canela, mexa bem  e reserve. 


Numa tigela junte o açúcar com as gema e bata durante uns minutos. 

Adicione o óleo e bata. 

Com uma colher de pau junte a farinha peneirada com o fermento, também peneirado, e vá misturando cuidadosamente. 

Bata as claras em castelo e junte à massa. 

Adicione as maçãs picadas e envolva com cuidado, até ficar tudo muito bem misturado. 

Coloque numa forma e leve ao forno por 40 minutos.


quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Bolo Formigueiro com Calda de Chocolate



Receita Bolo Formigueiro com Calda de Chocolate

Ingredientes:
  • 2 chav. de farinha 
  • 2 chav. de açúcar 
  • ½ chav. de óleo 
  • ½ chav. de leite 
  • 4 ovos 
  • 1 colh. sopa de fermento em pó 
  • 1 colh. chá de essência de baunilha
  • ½ chav. de chocolate granulado

Receita Calda de Chocolate

Preparação: 
Pré-aqueça o forno a 180ºC, unte e peneire uma forma.
 

Num recipiente coloque o açúcar e as gemas, bater até obter um creme fofo e esbranquiçado.
 
Adicione o óleo, o leite e a essência à massa e bata até estar tudo bem misturado.
 
Com uma colher de pau junte a farinha peneirada com o fermento, também peneirado, e vá misturando cuidadosamente.
 
Bata as claras em castelo e junte à massa, envolvendo bem. 

Junte o chocolate granulado e misture delicadamente.

Deite na forma e leve ao forno a cozer durante 40 minutos.

Curiosidades sobre Chocolate

imagem ilustrativa

O chocolate é um alimento feito com base na amêndoa fermentada e torrada do cacau.   

Sua origem remonta às civilizações pré-colombianas da América Central. A partir dos Descobrimentos, foi levado para a Europa, onde popularizou-se, especialmente a partir dos séculos XVII e XVIII. Contudo, em função das necessidades climáticas para o cultivo do cacau, não é possível o seu plantio na Europa e por isso as colónias americanas de clima tropical húmido continuaram a fornecer a matéria-prima. Atualmente os maiores produtores estão na África Ocidental.

A palavra chocolate provém do espanhol chocolate, que por sua vez foi originado a partir de línguas indígenas mesoamericanas. Os espanhóis construíram a palavra usando o termo Maia chocol juntado com o termo asteca atl, que significariam chocol (quente) com o atl (água).

Antigamente, o chocolate não era comido, apenas bebido. E somente os nobres tinham direito a esse deleite. Com o passar dos anos, o famoso chocolate com leite foi criado e, em seguida, as barras começaram a surgir. 

Atualmente, é encontrado em diferentes formas que vão desde o sólido, como o chocolate em pó, as barras e os bombons, e líquido como o achocolatado ou chocolate quente. Além de ser consumido puro, é também ingrediente de um grande número de alimentos como bolos (tortas, biscoitos, etc.), mousses, gelados e outros doces.

Para além de ser um alimento divinal também tem as suas razões para ser um alimento perfeito: 
  • tem um sabor apreciado por todos
  • enorme variedade de formas, 
  • grande valor nutritivo e energético
  • rápido metabolismo (o organismo humano de qualquer idade e nas mais diversas situações de saúde, absorve facilmente o chocolate que, pouco tempo após a ingestão está transformado em energia);
  • ótima digestibilidade (a digestão do chocolate se faz facilmente, graças as gorduras que entram em sua composição);
  • alivia o stress e a depressão (devido á feniletilamina presente no chocolate sendo conhecida como a “molécula da felicidade e do prazer”);
  • previne o envelhecimento (a massa de cacau tem grande poder antioxidante, mais que qualquer fruta combatendo os efeitos da idade);
  • previne o cancro (os grãos do cacau possuem substâncias antioxidantes chamadas flavonoides que ajudam a fortalecer a saúde vascular e a prevenir alguns tipos de cancro, a maior parte desta substância benéfica está concentrada no chocolate amargo).

O chocolate é, sem dúvidas, o alimento melhor balanceado que existe, bem com uma equilibrada junção de cacau, leite e açúcar.

Mas para além disto tudo, ainda nos deixa felizes mas porquê?

O chocolate é, comprovadamente, uma poção do prazer: possui propriedades calmantes e estimula a produção de endorfina, a hormona responsável pela a elevação de autoestima e de bem-estar. Ele também aumenta a serotonina, substância que nos faz ficar felizes. E, para completar, o chocolate possui feniletilamina, a mesma hormona que produzimos quando estamos apaixonados. Pois é, nós literalmente nos apaixonamos por ele.

imagem ilustrativa  

E ao contrário do que muitos pensam, não existe nenhuma pesquisa que tenha confirmado que o chocolate realmente causa acne. O que acontece é que todos os alimentos muito gordurosos deixam a nossa pele muito mais oleosa. Por isso, quando uma pessoa já possui tendência a desenvolver acne, ele realmente aparece após o consumo desse doce (ou de qualquer outro alimento com alto índice de gordura) e também em situações de stress e alterações hormonais.

Mas enquanto para nós é um alimento dos céus, para os animais não é bem assim, o chocolate pode ser mortal para os cães. Ele contêm um ingrediente chamado teobromina que pode ser tóxico para o sistema nervoso central e para os músculos cardíacos do cão.

Hoje em dia, temos diversos tipos de chocolate.  

imagem ilustrativa   

Chocolate amargo: ele tem a maior concentração de massa de cacau (acima de 70%) e a menor quantidade de açúcar, além de não ser misturado com leite. Sua cor é bem escura e, como o nome já diz, seu sabor é amargo. É o tipo de chocolate que mais oferece os benefícios do cacau, e pesquisas descobriram que seu consumo pode até ajudar a emagrecer. 

Chocolate meio amargo: O chocolate meio amargo possui uma concentração de cacau menor que a do chocolate amargo (em torno de 50%), por isso seu gosto é mais suave, apesar de ainda ter um leve amargor. Também tem pouco açúcar e não leva leite. 

Chocolate de leite: A massa de cacau é misturada com leite em pó e a concentração de cacau abaixa para 30% ou 40%, enquanto a quantidade de açúcar aumenta. Essa mistura com o leite tira o sabor amargo do chocolate, conferindo um gosto mais adocicado e uma textura mais cremosa. 

Chocolate branco: esse chocolate não leva massa de cacau na sua confeção, e sim um outro produto extraído da semente - a manteiga de cacau. Ele também recebe açúcar e leite, sendo o mais doce e cremoso dos chocolate. 

Chocolate em pó: É a semente de cacau moída, geralmente usado para a confeção de bolos e doces. Também possui várias concentrações diferentes. 

Achocolatado: Ao contrário do que muita gente pensa, achocolatado não é chocolate em pó! Ele é uma mistura de chocolate em pó, leite e muito açúcar, usado apenas para dar sabor ao leite. 

Chocolate para cobertura: pode ter várias concentrações de cacau, mas possui sempre alta concentração de manteiga de cacau, tendo mais brilho e derretendo com facilidade. É mais usado para a cobertura de bolos e doces. 

Chocolate diet: é um chocolate comum, com massa de cacau, manteiga de cacau e leite. Sua novidade é que o açúcar é substituído por sorbitol, sacarina e vanilina. Muitas pessoas pensam que, por não ter açúcar, o chocolate diet contém menos calorias que os outros. O chocolate diet é altamente calórico. Sua única vantagem é que pessoas diabéticas podem comê-lo sem se preocuparem.

A partir desses chocolates, muitas misturas e inovações foram feitas, como por exemplo o chocolate aerado, onde o chocolate recebe gás carbónico e solidifica, cheio de bolhas, dando um aspeto macio à barra.

Quanto ao formato, o chocolate pode ser comercializado em barras, gotas, raspas e em outras versões mais peculiares, como na forma de ovos e línguas de gatos. 

Além disso pode apresentar os mais diversos ingredientes para recheios como amendoim, amêndoa, avelã, castanha-do-pará, nozes, castanha de caju, frutas secas, caramelo, biscoito, frutas cristalizadas, manteiga, nata, etc. 

imagem ilustrativa

Os bombons apresentam uma grande variedade de tipos de recheios. Os principais são: Boiling (ou fervidos, que incluem o caramelo, ou butterscotch, e o fudge), Fondants, Croquant (ou crocantes), Gianduja (ou Gianduia), Marzipã, Praliné, Nougat, Trufas, Palets e Ganache.

Com esta variedade toda é muito difícil resistir, adoro chocolate e não vivo sem ele...

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Ganache de Chocolate

imagem ilustrativa 

Adoro ganache, pra mim todas as sobremesas deviam ter ganache...uhmm é tão bom... Mas o que é ganache??

As enciclopédias de gastronomia dizem pouco sobre a origem da ganache. Dizem que foi criada por um confeiteiro francês, em meados do século XIX, a partir de uma simples mistura: natas e chocolate em barra. Pelas contas, o tal creme já teria mais de 150 anos, mas mesmo assim, a ganache não se faz de velha, não se tornou enjoativa e muito menos caiu em desuso.

Pode ser utilizada praticamente para tudo, como cobertura ou recheio de bolos, cupcakes e e outras delícias da confeitaria.

A ganache pode ser preparada de 3 maneiras:


1º - Glazed (molho brilhante, esmaltado)
2º - Whipped (ganache batida)
3º - Piped (com saco de pasteleiro)

Receita Ganache de Chocolate

Ingredientes:
  • 1 pacote (200ml) de natas
  • 1 tablete (200g) de chocolate para culinária
  • 1 colh. de sopa de manteiga (opcional)

Preparação:
Corte a barra do chocolate em pedacinhos. 

Coloque os pedaços de chocolate numa tigela grande com a manteiga. 

Aqueça as natas em lume médio alto até começar a ferver. 

Retire do fogo e imediatamente despeje as natas sobre o chocolate e mexa até ficar completamente misturado e brilhante.

Para o molho brilhante (glazed):
Deixar a ganache arrefecer, mas não completamente, antes de derramar sobre os bolos.

Para a ganache batida (whipped):
Deixar a ganache arrefecer e bater com uma batedeira durante uns minutos até obter uma consistência de chantilly.

Para fazer decoração com saco de pasteleiro (pipped):
Para uma cobertura espessa, permitir que a ganache arrefeça por completo e levar uns 10 minutos ao frigorífico.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Tarte Crumble de Banana





Receita Tarte Crumble de Banana

Ingredientes:
  • 2 chav. de farinha
  • 1 chav. de açúcar
  • 150 g de manteiga
  • 1 colh. de chá de fermento
  • 4 bananas grandes
  • canela e açúcar q.b.
 
Preparação: 
Pré-aqueça o forno a 180ºC, unte e peneire uma forma, de preferência redonda e de 22cm. 

Corte as bananas em rodelas e misture 2 colheres de sopa de açúcar e 1 colher de sopa de canela, reserve.

Misture a farinha peneirada, o açúcar, o fermento peneirado e a manteiga até formar uma massa granulosa, como uma espécie de crumble. 

Distribua uma parte dessa massa na forma, coloque sobre ela as rodelas de banana e finalize com a massa. 

Polvilhe açúcar e canela.

Leve ao forno por 30 minutos. 

Sirva com uma bola de gelado de baunilha.

Top 5 - Bolos com Frutas

Os bolos com frutas são os bolos que mais gosto, apesar de ainda não ter experimentado fazer bolos com certas frutas, dos que eu já provei e tenho aqui postado resolvi fazer um Top 5!!

Aqui vai:

#1 - Bolo de Banana


#2 - Bolo de Ananás


#3 - Bolo de Maçã


#4 - Bolo de Frutos Silvestres


#5 - Bolo de Laranja


Este é o meu top 5!! Qual é o vosso?

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

The Cake Parlour - Sweet Tables

Mais um livrinho que me foi trazido pelo Pai Natal...Muito Obrigada!!!

The Cake Parlour  - Sweet Tables by Zoe Clark

The Cake Parlour  - Sweet Tables é um livro que nos trás um fator de espanto às nossas mesas doces para festas, combinando bolos, biscoitos, cupcakes, cake pops e muito mais para criar um efeito impressionante. Com este livro aprendemos a criar as nossas próprias mesas, apresentando-nos 6 espetaculares temas, com mais de 40 projetos de cake design cada um feito com cores coordenadas para serem visualmente deslumbrantes. 









Inclui técnicas passo-a-passo de decorações de bolos com todos os pontos essenciais e receitas de bolos (com tabelas de proporções) que precisamos de saber para fazer a mesa de doces bonitinha, incluindo também as técnicas para o uso de saco de pasteleiro, técnicas para cobrir bolos com fondant e sugarpaste e empilhamento de bolos em camadas. Com um guia assim não há como errar. 

É um livro lindíssimo e vale muito a pena tê-lo!!

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Pão de Ló de Chocolate


Receita Pão de Ló de Chocolate

Ingredientes:
2 chav. de farinha
2 chav. de açúcar
1 ½ chav. de chocolate em pó
12 ovos

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180oC, unte e peneire uma forma redonda.

Separe as gemas das claras e bata as claras em castelo. 

Adicione as gemas e bata novamente. Junte o açúcar e bata mais um pouco. 

Com uma colher de pau ou espátula de silicone, envolva a farinha peneirada e o chocolate em pó também peneirado. 

Verta a massa para a forma  e leve ao forno durante 40 minutos.

Pão de Ló


 O pão de ló (também chamado de bolo esponjoso) é um bolo (por vezes, pode ser considerado um doce) à base de ovos, açúcar e farinha de trigo. Em Portugal, existem variedades regionais de pão de ló que se tornaram símbolos dessas regiões, como o de Alfeizerão, o de Ovar, o de Margaride e o de Arouca.

O bolo mais parecido com o pão de ló da culinária da Inglaterra e outros países de idioma inglês, inclusive da culinária dos Estados Unidos, é o sponge cake.


Receita Pão de Lò

Ingredientes:
2 chav. de farinha
2 chav. de açúcar
12 ovos

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180oC, unte e peneire uma forma redonda.

Separe as gemas das claras e bata as claras em castelo. 

Adicione as gemas e bata novamente. Junte o açúcar e bata mais um pouco. 

Com uma colher de pau ou espátula de silicone, envolva a farinha peneirada. 

Verta a massa para a forma  e leve ao forno durante 40 minutos.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Trifles

Para quem não sabe o que é um Trifle, é uma sobremesa inglesa feita de creme, frutas, bolo, caldas ou geleias, chantilly, etc... Esses ingredientes são geralmente dispostos em camadas dentro de taças circulares altas ou em tacinhas.  São parecidos a um Cake in a Jar mas mais elaborados. 

Normalmente usa-se bolo mas pode-se substituir por biscoitos ou bolachas, conforme os gostos.
 

Há Trifles de tudo e as combinações são as mais inusitadas possíveis. Podemos fazer um trifle de morangos com chocolate, podemos fazer de mangas com morangos, etc...

Aqui tem alguns exemplos bem bonitos de Trifles:









Trifle ChocoBanana e Bolacha Maria

 


 

Nesta receita, a minha intenção era fazer um trifle de dois andares mas como não tinha uma taça grande o suficiente separei as porções e fiz em duas taças médias (como na imagem). Portanto a quantidade dos ingredientes postados é para o dobro da receita demonstrada na imagem!
 
Receita Trifle ChocoBanana e Bolacha Maria

Ingredientes:
  • 1 pacote de bolacha Maria
  • 4 bananas grandes
Para o Doce de Ovos com Leite Condensado:
  • 4 gemas de ovo
  • 1 lata de leite condensado
  • 200ml de leite
Para a Ganache de Chocolate:
  • 400g (2 tabletes) de chocolate de culinária
  • 400ml de natas
  • 2 colh. sopa de manteiga com sal
Para o Chantilly*:
  • 2 pacotes de natas 
  • 8 colh. sopa de açúcar
Para a decoração:
  • raspas de chocolate q.b.
  • mini bolacha Maria
*Receita Chantilly

Preparação:
Numa picadora, desfaça o pacote todo da bolacha Maria e reserve.

Corte as bananas às rodelas e reserve.

Doce de Ovos com Leite Condensado:
Num tacho, misture muito bem o leite condensado com as gemas.
 

Junte o leite e mexa.
 

Leve ao lume e deixe cozinhar em lume médio sem parar de mexer.
 

Logo que comece a borbulhar, retire do lume e mexa um pouco com uma vara de arames para que fique um creme liso. Reserve.

Ganache de Chocolate:
Coloque os pedaços de chocolate numa tigela grande mais a manteiga. 

Aqueça as natas em lume médio alto até começar a ferver. 

Retire do fogo e imediatamente despeje as natas sobre o chocolate e mexa até ficar completamente misturado e brilhante.

Deixar arrefecer e bater, só até o creme espessar um pouco.

Montagem:
Na taça grande coloque o doce de ovos, deixe arrefecer um pouco. 

Espalhe a bolacha Maria até cobrir tudo. 

Disponha metade das rodelas de banana por cima da bolacha.

Por cima das rodelas espalhe metade da ganache de chocolate e mais uma camada de bolacha Maria.

(Aqui tem a opção de repetir os passos e fazer o trifle de dois andares, recomece com o doce de ovos e por aí adiante.)

Termine com metade (no caso de fazer em duas taças) do Chantilly, espalhe bem e decore com as raspas de chocolate e a mini bolacha Maria.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...